Entre e confira!




domingo, 28 de fevereiro de 2010

Quando fazer a primeira consulta?

Não há nada mais emocionante do que a sensação de adquirir o primeiro filhote, e com isso, surgem as primeiras e intermináveis dúvidas: o que fazer? Primeira lição: mesmo que seu animalzinho apresente sinais de saúde, leve-o a um médico veterinário de sua confiança, pois só ele poderá tirar todas as suas dúvidas e ensiná-lo a desvendar esse serzinho tão pequeno, que só dorme, chora e faz um monte de totô (rsrsr...). Segunda lição: não confie em histórias semelhantes de alguém que já passou por experiências, como um vômito ou uma diarréia repentina de outro mascote. Vômito e diarréia são sinais de várias doenças que nem sempre coincide com a doença do cachorro do vizinho. Terceira lição: nunca medique seu filhote, ou adulto, por conta própria. Nem todos os medicamentos servem para todos os animais. Alguns podem provocar efeito reverso se administrado de forma incorreta. Procure seu médico veterinário. Quarta lição: as vacinas só poderão ser iniciadas após avaliação veterinária e, consequente, vermifugação feita de acordo com o peso do animal. Lembre-se de que não existe somente a anti-rábica no esquema vacinal, existem também vacinas importantíssimas, como a múltipla (que protege contra todas as viroses e a leptospirose) e a giárdia (protozoário que causa gastroenterite e morte por desidratação). Nunca interrompa o ciclo vacinal, pois ele fará parte de toda a vida do seu animal. Quinta lição (ufa!!!!): certifique-se de que o seu "veterinário" é realmente um profissional que batalhou cinco anos em uma faculdade para transmitir conhecimentos valiosos. Só ele poderá orientar você de maneira correta, vacinar ou consultar seu amiguinho.
Dra. Renata Nonato
Médica Veterinária
Especialista em Clínica de Pequenos Animais

Nenhum comentário:

Postar um comentário