Entre e confira!




quarta-feira, 30 de março de 2011

Esquema vacinal para cães e gatos

Olá, seguidores e clientes
Mais uma vez estou eu falando sobre vacinas. Insisto neste assunto, pois essas "pequenas furadas" imunizam cães e gatos contra doenças infecto-contagiosas, provocasa por vírus e bactérias, o que garante proteção e saúde a toda família.
Em filhotes, o primeiro ciclo vacinal começa aos 45 dias de vida, logo após a segunda dose do vermífudo. Em adultos, nunca vacinados, ocorre da mesma forma.
Só consideramos animais vacinados, se imunizados contra todas as viroses e bacterioses, ou seja, quando consta em sua carteirinha os selos, carimbos e assinatura do MÉDICO VETERINÁRIO responsável. Vacina anti-rábica de campanha, não é considerada.
O primeiro ciclo vacinal é aquele em que o animal (cão ou gato), entra em contato pela primeira vez com antígenos vacinais para que seu organismo produza anticorpos que combata a doença. Nunca deve ser interrompido e deve ser seguido conforme orinetação do MÉDICO VETERINÁRIO.
Em cães e gatos, o esquema vacinal é realizado da mesma forma em números de intervalo.
Para cães:
1⁰ Vacina múltipla (com 15 a 21 dias) → 2⁰ Vacina múltipla (com 15 a 21 dias) → 3⁰ Vacina múltipla (com 15 dias) → 1⁰ Giárdia (com 15 dias) → 2⁰ Giárdia (com 15 dias) → Anti-rábica
Para gatos:
1⁰ Vacina múltipla (com 15 a 21 dias) → 2⁰ Vacina múltipla (com 15 a 21 dias) → 3⁰ Vacina múltipla (com 15 dias) → Anti-rábica

Após este primeiro ciclo de contato, cães e gatos entram no ciclo permanente onde devem tomar doses de reforço a cada 6 meses, exceto a anti-rábica que é anual, para o resto da vida.

Aqui temos as melhores vacinas, com os melhores preços e uma MÉDICA VETERINÁRIA de plantão diariamente.

Lembre-se de que, para vacinar, é preciso que o animal esteja com a saúde 100% , um dos motivos pelo qual esse procedimento SÓ PODE SER FEITO POR MÉDICO VETERINÁRIO.

*Múltipla de cães: cinomose, hepatite, parvovirose, adenovírus tipo 2, coronavirose, parainfluenza e leptospirose.

*Múltipla de gatos: rinotraqueíte, panleucopenia, calicivirose, clamidiose.

Dra. Renata Nonato

Médica Veterinária

Especialista em Clínica de Pequenos Animais

*Texto sugerido por @TOMHITPAN

Um comentário:

  1. Texto bastante explicativo! Tirou algumas dúvidas que eu tinha há tempos! Obrigada!

    ResponderExcluir