Entre e confira!




segunda-feira, 1 de junho de 2015

A IMPORTÂNCIA DA VACINAÇÃO

                                         
                   Quem tem filho vai entender sobre o que vou escrever: a importância de vacinar um animal. 

                   Quando nos responsabilizamos por um ser, seja humano ou de outra espécie, temos que ter em mente os gastos físicos, ambiental e financeiro que esta responsabilidade acarretará.

                    Todo cão e gato, assim como uma criança, deve passar por consultas, com Médico Veterinário, onde será avaliado suas condições físicas, nutricionais, vermifugação e controle de vacinação.

                     E se você acha que existe somente a anti-rábica, está muito enganado! Os cães DEVEM receber doses da MÚLTIPLA, que protege contra viroses (cinomose, parvovirose, adenovírus, coronavirose) e cepas de leptospirose; doses da BRONCH ou PNEUMODOG, que protegem contra o vírus da tosse dos canis; doses da GIÁRDIA, que protege contra esse mesmo protozoário; e, por último, a RÁBICA. Essas doses devem se aplicadas SOMENTE pelo Médico Veterinário por toda a vida do animal.

            Nos gatos, ocorre o mesmo processo: MÚLTIPLAS, que protegem contra viroses (calicivirose, rinotraqueíte, panleucopenia e leucemia felina) e Rábica. 

                   Aves, coelhos e roedores não precisam ser vacinados, podem, DEVEM ser vermifugados fregularmente. Os mustelídeos, a exemplo dos Furões, também devem ser vacinados contra o vírus da cinomose, pois são muito susceptíveis a esse vírus.

                    Sendo assim, se você ama seu animal, como ama seu filho, não o deixe sem proteção. Seja responsável por aquele que só te dá amor, dedicação e proteção também.


                                                                                 dra. Renata Nonato
                                                                                (Médica Veterinária)